Mobiliza-te!
Não mates a esperança, não esperes para actuar!

Quarta-feira, 25 de Março de 2009
Objectivo 5: Melhorar a saúde materna

 

  • Meta 6: Reduzir em três quartos, entre 1990 e 2015, a taxa de mortalidade materna.

 

"A probabilidade de morrer durante a gravidez é de 1 em 16 na África Subsariana, contra 1 em 3800 no mundo desenvolvido. Se uma mulher num país pobre consegue sobreviver, pode ainda assim estar sujeita a complicações pós-parto que ameaçam a sua saúde e a marginalizam ainda mais na sociedade. Uma saúde materna deficiente influencia negativamente outros ODM.

Estima-se que uma saúde e nutrição maternas deficientes estejam na origem de pelo menos 20% das doenças das crianças com menos de cinco anos (Objectivo 4). Em muitas sociedades, a mortalidade materna é uma consequência da condição social inferior das mulheres e da sua incapacidade de controlar a sua saúde reprodutiva – aumentando o risco de contraírem doenças sexualmente transmissíveis (incluindo o VIH, Objectivo 6).

A subalternização das mulheres na sociedade significa também que tenham mais probabilidade de sofrer de subnutrição, anemia e falta de saúde crónicas. Estes problemas de saúde aumentam os riscos da gravidez. No entanto, em sociedades patriarcais as mulheres são muitas vezes pressionadas para ser mães e ter vários filhos ainda muito jovens."

 

 



publicado por Mobiliza-te às 09:33
link do post | Dar esperança | favorito

Terça-feira, 24 de Março de 2009
Objectivo 4: Reduzir a mortalidade infantil

 

  • Meta 5: Reduzir, em dois terços, entre 1990 e 2015, a taxa de mortalidade de crianças com menos de cinco anos.

 

"A sobrevivência de uma criança não deve depender do local onde ele ou ela nasce, mas essa é a realidade de milhões de crianças: 99% das mortes abaixo dos cinco anos acontece em países de rendimento baixo ou médio, a maior parte no Subcontinente Asiático e África Subsariana. A taxa de sobrevivência na infância também varia significativamente entre e dentro de países e está fortemente relacionada com o rendimento e o nível de escolaridade da mãe: as crianças que pertencem ao grupo dos 20% mais ricos têm duas vezes mais probabilidades de sobreviver do que as crianças que pertencem ao grupo dos 20% mais pobres; as crianças que têm mães com pelo menos uma educação secundária têm também duas vezes mais probabilidades de sobreviver do que as crianças de mães menos escolarizadas. O Objectivo 4 quer mudar estas estatísticas e dar a cada criança, independentemente da nacionalidade ou estatuto socio-económico, uma oportunidade igual para uma vida saudável e preenchida.

Investir na saúde das crianças não salva apenas vidas inocentes mas é crucial para alcançar os ODM e tirar os países da pobreza. O Banco Mundial estima que investir em iniciativas de saúde para as crianças tem um retorno sete vezes maior, através da redução das despesas com a segurança social e dum aumento na produtividade económica."

 

 

 



publicado por Mobiliza-te às 21:02
link do post | Dar esperança | favorito

Segunda-feira, 23 de Março de 2009
Objectivo 3: Promover a igualdade de género e a capacitação das mulheres

 

  • Meta 4: Eliminar a disparidade de género no ensino primário e secundário, se possível até 2005, e em todos os níveis de ensino, o mais tardar até 2015.

  

"As mulheres são cruciais em cada aspecto do desenvolvimento social e económico, mas muitas são impedidas de atingir o seu potencial. Mulheres empoderadas contribuem mais para as suas famílias e sociedades, ao ganharem um rendimento maior, promoverem a educação das suas crianças e ao saberem mais sobre cuidados de saúde. Deste modo são forças positivas para se alcançar todos os ODM.

As contribuições sociais e económicas das mulheres realçam os benefícios exponenciais que as mulheres letradas podem ter no desenvolvimento. Contudo, as mulheres usualmente não têm acesso igual à terra, têm de combater a discriminação social e familiar e ainda de lutar para ultrapassar barreiras no mercado de trabalho formal. As mulheres representam cerca de 70% dos 1,2 mil milhões de pessoas que vivem com menos de 75 cêntimos por dia. A muitas mulheres é vedado o envolvimento no processo político e por isso têm maior dificuldade em defender os seus direitos. Mulheres empoderadas politicamente têm maior probabilidade de conhecer e lutar pelos seus direitos e de eleger políticos favoráveis à igualdade de género.

Os cuidados de saúde de qualidade estão vedados a muitas mulheres. Melhorar o acesso a pessoal médico qualificado e a serviços de saúde reprodutiva pode salvar milhares de vidas de mães e prevenir complicações médicas."
 

 

 



publicado por Mobiliza-te às 11:20
link do post | Dar esperança | favorito






Copyright © 2009 / Mobiliza-te!
A ignorância não é desculpa, não fiques indiferente!
.Mobiliza-te!
.Actual

. Objectivo 8: Criar uma pa...

. Objectivo 7: Garantir a s...

. Objectivo 6: Combater o H...

. Objectivo 5: Melhorar a s...

. Objectivo 4: Reduzir a mo...

. Objectivo 3: Promover a i...

. Objectivo 2: Alcançar o e...

. ODMs

.Arquivo

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.tags

. todas as tags

.Links
.Pesquisar
 
.subscrever feeds